TVs por subscrição podem crescer com TDT

O mercado televisivo português, que passará por mudanças significativas com a introdução da TV digital, pode ser uma excelente oportunidade para as empresas que oferecem televisão por subscrição. É provável que elas aumentem as suas fatias de mercado, atraindo telespectadores da TV aberta.

Isso pode ser possível caso ocorra aqui algo semelhante ao que aconteceu no Reino Unido, assim que a TDT foi introduzida. Os britânicos, na época, confundiram a TDT com a TV paga, pois tiveram que comprar o descodificador. O aparelho era financiado e tinha um preço muito mais alto do que a mensalidade da TV por cabo ou por satélite, que ofereciam mais canais. Foi preciso um grande esforço e várias alterações na TDT do Reino Unido até que ela atingisse o sucesso que tem hoje.

Se o telespectador português recusar-se a comprar os descodificadores, devido aos preços, as empresas que oferecem serviços de TV por satélite ou IPTV poder crescer, e muito.

A PT Multimédia, por exemplo, está bem atenta a isso e prevê um aumento do número de assinantes da TV Cabo. O presidente da empresa, Rodrigo Costa, está optimista. Disse, em encontro com jornalistas, que “há 50 por cento do mercado que dentro de cinco anos vai ter que mudar de tecnologia”. Referia-se ao apagão analógico previsto para 2012, que ele encara como um grande oportunidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s