Espanha: 4 dias para o switch-off analógico

Amanhã os sinais analógicos das transmissões televisivas em Espanha serão desligados em Madri, Barcelona e Sevilha. No dia 2 de Abril, mais seis transmissores serão desligados no país, finalizando o switch-off analógico.

Portanto, em 4 dias a Espanha terá completado a transição digital terrestre, mostrando ser um bom exemplo a ser seguido.

O processo para o switch-off começou em Novembro de 2005, quando cinco multiplexes nacionais foram lançados para o fornecimento dos canais free-to-air à população. Era, na época, um proposta ousada que vinha substituir o fracasso dos serviços de pay-TV, lançados em 200o, com a Quiero TV, que acabou por falir.

Os espanhóis aprenderam com os erros e conseguiram um grande êxito. Em Fevereiro deste ano 83,6% das casas já tinham receptores da TDT. Desde 2005, um total de 27,2 milhões de receptores de TDT foram vendidos e somente este mês mais 2 milhões de receptores deverão ser vendidos, segundo informou a organização Impulsa TDT, que acompanha as evoluções da plataforma digital terrestre no país.

Switch-off analógico em três fases:

O apagão analógico começou a ser efectuado em Junho de 2009 e foi planeado para ocorrer em três fases, gradativamente, em 32 regiões demarcadas no país.

A primeira fase foi concluída em Outubro de 2009, a segunda em Janeiro de 2010 e a terceira termina na próxima semana, um dia antes do prazo nacional definido pelo governo e quase dois anos antes do prazo definido pela Comissão Europeia.

Os níveis de satisfação

No final de Novembro de 2009, o Governo realizou um estudo para identificar a satisfação do telespectador em relação à TV digital terrestre. Foram alcançados os seguintes resultados:

  • 87% dos inquiridos disseram que a qualidade da imagem digital terrestre era melhor ou igual à qualidade dos serviços analógicos.
  • 78% dos revelaram que estavam estavam satisfeitos ou muito satisfeitos com o nível de informação disponível sobre o apagão analógico e a transmissão para o digital.

As actividades de comunicação

Ao contrário de Portugal, em Espanha foi realizada uma grande campanha para informar aos cidadãos sobre o que estava a mudar nas transmissões televisivas e o que eles deveriam fazer antes do apagão analógico.

  • Foram lançadas sete campanhas publicitárias, em diversos meios, inclusive nos meios online.
  • Um centro de atendimento nacional foi criado para informar e tirar dúvidas dos telespectadores.
  • Funcionários do governo e as administrações locais trabalharam em estreita colaboração, com o intuito de informar e orientar os cidadãos.
  • Ocasiões festivas e demais eventos locais foram sempre datas importantes, durante as quais ocorreu uma grande massificação da informação sobre a TDT.
  • Nas cidades com mais de 30 mil habitantes foram criados centros de informação.
  • Os telespectadores mais idosos também não foram esquecidos. Para que a informação chegasse a eles, as notícias sobre a chegada do digital foram colocadas nos centros de saúde, bancos e centros de idodos.
  • Somente nos últimos dois anos, cerca de 9,5 milhões de folhetos informativos foram distribuídos e 20 mil anúncios foram veiculados nos meios de comunicação.
  • O Governo também se preocupou em informar sobre a necessidade de adaptação das antenas e instalou 1,2 milhões de antenas colectivas aptas à recepção dos sinais digitais.
  • Desde Março de 2009, 12 mil milhões de Euros foram gastos com a transição digital. O investimento, além das campanhas de comunicação, serviu para fomentar a implementação de redes de TDT, com financiamentos específicos para cada região, a juros baixos.
  • Os benefícios da transição para a economia espanhola também foram estimados. Segundo o governo, a transição digital criou mais de 40 mil novos empregos e beneficiou  10 mil empresas do sector de radiodifusão.

Novidades após o switchover digital

Três meses após o fim das transmissões analógicas, um multiplex completo será atribuído a cada uma das principais emissoras, para que prestem novos serviços, que serão divulgados em breve. No entanto, já se sabe que vão ser disponibilizados canais em HD e serviços exclusivos pagos, como video on demand.

E isso tudo aqui ao lado…

One response to “Espanha: 4 dias para o switch-off analógico

  1. Sublinho o final do artigo;”E isso tudo aqui ao lado”;só não compreendo o porquê de toda esta campanha não ser igual ou melhor neste país!!!!!!!!!Nós até temos um 1º ministro todo virado para as novas tecnologias e acaba por ser um retrógado nesta área.
    Eu só quero ir para a Ilha.
    Red

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s