Monopólio da TDT: PT retira a marca MEO dos kits satélite

O fotógrafo José Moreira, do blog TDT no Alentejo, forneceu-me a imagem dos novos descodificadores vendidos pela PT para as zonas de sombra:

Diferentemente do anterior, este já não traz a logomarca do serviço MEO. É um aparelho da Samsung.

No entanto, o monopólio continua. Ou seja, os cidadãos são obrigados a comprar o aparelho, sendo que o código de segurança está no cartão que deve ser inserido no descodificador. Aliás, o cartão funciona em qualquer receptor livre de operador, com cifra Nagravision 3 integrada (como bem alertou o Pedro Ribeiro ao comentar este post), apto às normas DVB para transmissão digital via satélite. No entanto, é impossível comprar apenas o cartão.

Será que a União Europeia e os fabricantes de equipamentos eletrónicos  já têm conhecimento do protecionismo de mercado em Portugal?

15 responses to “Monopólio da TDT: PT retira a marca MEO dos kits satélite

  1. A informação não é 100% correta, Sergio. O cartão funciona em qualquer recetor que tenha a cifra Nagravision 3 integrada. Normalmente, haveria a opção de usar o respetivo módulo de acesso condiconal (CAM) http://www.satellitetveurope.co.uk/cam.html, mas, aparentemente, não existem no mercado. Isso, no entanto, não invalida que qualquer recetor nessas condições deveria ser aceitável. Fica ainda a questão da necessidade de ter canais de acesso livre cifrados via satélite. Será que a questão dos tão falados direitos de transmissão além-fronteiras não se aplica na Alemanha? http://www.lyngsat.com/freetv/Germany.html

  2. PT continua a bloquear os receptores de satélite do serviço DTH TDT complementar , não dando permissão a que seja recebido nestes receptores os canais em livre acesso por satélite , o serviço é transmitido no satélite Hispasat, satélite que têm mais de 40 canais em livre acesso entre os quais os mais relevantes são , TV5 Monde Europe,France 24 (in English),Al Jazeera English,Russia Today,Record Internacional, incluindo rádios, e o mais importante têm o EuroNews em acesso livre que é transmitido pela empresa MEO , não se compreende depois do investimento que as pessoas fazem neste sistema para terem acesso aos canais nacionais, sejam impedidos de terem acesso aos canais em livre acesso por satélite, Uma CAM seria uma boa alternativa como o Pedro Ribeiro disse .

  3. Se a box bloqueia o acesso aos canais livres (Free To Air) ainda é mais grave!

  4. O que bloqueia é a box ou o cartão? Sabem como é feito o bloqueio?

  5. Sergio:
    Há um pequeno erro no artigo. É que os canais transmitidos no hispasat pela PT(no meo), não são transmitidos em DVB-S, mas em DVB-S2!

  6. Olá Carlos,

    Alterei o texto e deixei apenas “norma DVB”. Obrigado

  7. Tanto quanto sei, o DVB-S2 distingue-se do DVB-S pela codificação MPEG4 vs MPEG2. Quanto ao bloqueio dos canais FTA, deverá ser feito em conjunto com o receptor e cartão (o receptor disponibiliza apenas os canais autorizados pelo cartão).

  8. Para o Pedro Ribeiro

    Tanto em DVB-S como em DVB-S2 pode haver codificação MPEG2 ou MPEG4. O que distingue o DVB-S do DVB-S2 é que este ultimo permite uma maior compactação logo é possivel transmitir bastante mais canais em cada transponder (o equivalente aos Muxes na TDT).

  9. DVB-S e DVB-S2 são normas de modulação. Tem a ver com o sinal rádio e a maneira como a informação é transmitida. DVB-S2 é mais eficiente e permite maior débito por MHz. MPEG-2 e MPEG-4 são normas de compressão vídeo, tem a ver unicamente com o sinal digital. MPEG-4 é mais eficiente e permite maior compressão. São coisas distintas e as 4 combinações DVB + MPEG são possíveis.

    Para Sérgio: o que impede o receptor de sintonizar os canais livres é o próprio software que esse receptor tem!! Como é um receptor da PT possui um software específico encomendado pela PT e que faz o que a PT quer que faça. Neste caso sintoniza apenas os canais que a PT definiu e nada mais. Ao contrário do que faria qualquer receptor do mercado, por vezes mais barato!

    Eu devolveria o receptor à PT alegando avaria! Não há desculpa para isto acontecer! Os receptores terrestres, além da TDT Nacional, também captam sinais de Espanha para quem vive perto da fronteira.

  10. Qual a antena parabólica e descodificador mais barato que se pode adquirir no mercado para ter acesso livre ao Canal Euronews, Record internacional e claro os 4 canais generalistas portugueses?
    Ab,
    António Correia

  11. Antena: por volta de 25 ~30€
    Receptor livre: por volta dos 45€

  12. Mas não dá os 4 generalistas. Esses, além de estarem encriptados, estao numa norma mais recente (DVB-S2) e exigem um receptor mais caro. Mesmo assim já existem a 70€ no mercado livre (Ariva Fergunson) que permitem receber sinais DVB-S2… mais baratos e melhores que os 2ºs e 3ºs receptores TDT DTH…

  13. Desculpa, mas acho que está mal a informação do formato de codificação da MEO, não é Nagravision mas sim CONAX. Pois o Nagravision3 é o utilizado pela ZON que também fornece esse serviço dos canais generalistas nos Açores e Madeira, só que neste caso não bloqueia os canais livres no hispasat. Bem tenho acrescentar que MEO (da PT) como foi dona da antiga TVCABO tinha umas políticas de monopólio e de uma agressividade contra os clientes enorme, agora já na ZON o serviço melhorou muito ao que era, mas MEO realmente é de fugir, grande porcaria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s