Os indícios que permearam a implementação da TDT em Portugal

A imagem abaixo mostra os indícios apontados no processo de implementação da TDT portuguesa, com base no modelo de três intervenientes (governo, Anacom e PT), de acordo com as teorias sobre a regulação, que dizem respeito à captura regulatória, ou seja, a captura do regulador pelo mercado. É uma das ilustrações que irei apresentar na defesa da minha tese de doutoramento, cuja data será marcada em breve.

As assimetrias de informação referem-se à falta declareza da Anacom no processo.

A porta giratória é o fenómeno da troca de cargos entre o governo, o regulador e a empresa regulada.

3 responses to “Os indícios que permearam a implementação da TDT em Portugal

  1. Falta ai o TUGA a ser €nc@vad0…

  2. Grande salganhada…
    O TDT em Portugal tem falta de qualidade e clareza no processo que parece só teve por objetivo facilitar o negócio da TV paga, ignorando todos aqueles que já pagam a taxa do audiovisual…

  3. Pois… estamos em Portugal.😕

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s