“Meio milhão para controlar a TDT”

Prece que só agora a Anacom vai fazer estudos adequados para saber a qualidade do sinal da TDT. E como diziam que estava tudo muito bem?

Somos todos uns palhaços. É revoltante ver como trataram de forma amadora algo tão importante, que tanto prejudicou a população. 

Vejam, abaixo, o teor da reportagem publicada pelo Correio da Manhã.

Meio milhão para controlar a TDT

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) vai instalar 400 sondas em todo o território nacional para saber qual o nível de qualidade do sinal da Televisão Digital Terrestre. Um investimento na ordem dos 480 mil euros, mas que só será visível após o primeiro trimestre.

O regulador das comunicações lançou, a 23 de janeiro, um concurso público para a Implementação de uma Rede Nacional de Sondas para a Monitorização do Sinal de TDT, cujo prazo para entrega de propostas termina dia 6 de março .

“Estas sondas vão permitir analisar o sinal do ponto de vista da receção. Mas como não há tecnologia no mercado disponível, tivemos de abrir concurso para adjudicar e produzir esses equipamentos”, explica ao CM fonte oficial da Anacom.

A mesma fonte refere que o investimento de meio milhão de euros vai compensar. “A licença da TDT é de 15 anos, e além disso ficamos dotados de meios para analisar o sinal para todo o sempre. Estas sondas permitem que se possa medir as divergências entre o sinal de partida e o de receção”, justifica. Estes equipamentos serão colocados em zonas de cobertura terrestre, excluindo aquelas onde o sinal chega via satélite.

Entretanto, a Anacom já avançou com um outro estudo que pretende recolher informação “na ótica do consumidor, sobre o processo da migração do sinal analógico para o digital”. O objetivo é saber como é que encararam o ‘apagão’. O regulador das comunicações vai já avançar para a fase de inquéritos”.

 

A reportagem foi publicada originalmente aqui.

3 responses to ““Meio milhão para controlar a TDT”

  1. O mais revoltante Sérgio nem é o facto da Anacom ir instalar estas sondas fora de tempo… o mais revoltante é que esta é uma OBRIGAÇÃO do operador!!! Está no caderno de encargos que quem ganhasse o concurso tinha que monitorizar a qualidade de rede!!!
    Portanto vemos aqui 2 mentiras:
    – Aquando da fase de promoção da TDT a Anacom mentiu que se fartou, pois dizia coisas que não tinha maneira de provar (a qualidade de rede)
    – O operador nunca instalou a monitorização de rede, e mais uma vez, vai a Anacom fazer o trabalho que é obrigação da PT!

  2. Pode ser uma obrigação do operador, mas se for a ANACOM a pagar (ou seja os contribuintes) tanto melhor. De tudo o que já li, ninguém me tira da cabeça que a ANACOM sempre esteve ao serviço da PT e nunca ao serviço daqueles que deveria servir e defender: os contribuintes!
    Quando a TDT em Portugal tem quatro canais e meio (o PARLAMENTO) está mais que visto o que se passou …

  3. “E como diziam que estava tudo muito bem?”

    Ah, olha-me este!
    Então se o Sr. Prof. Eng. Zeinal Bava disse que a rede TDT em Portugal é fantabulástica, iam os srs. na ANACOM duvidar?
    Respeitinho é bonito e a gente gosta!
    Tudo bem que era peta, e que além disso, como disse um outro comentador, nem a rede de monitorização que estavam obrigados a instalar instalaram, mas e daí?
    Respeitinho!
    Se Sr. Dr. disse que estava tudo bem é porque estava tudo bem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s